Sociedade

Aprovadas medidas de combate à violência doméstica

Governo esteve reunido esta terça-feira

A Procuradora-Geral da República, o Coordenador da Equipa de Análise Retrospetiva de Homicídio em Violência Doméstica e a Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género aprovaram esta quinta-feira medidas para melhorar a proteção vítimas de violência doméstica.

“Aperfeiçoar os mecanismos de proteção da vítima nas 72 horas subsequentes à apresentação de queixa” e reforçar os modelos de formação, foram algumas das medidas tomadas, segundo comunicado do governo.

A nota adianta ainda que "foi constituída uma equipa técnica multidisciplinar" para concretizar as medidas e que também será feita uma avaliação ao “impacto das medidas aplicadas às pessoas agressoras” nestes casos e "e lançado financiamento para a formação destes profissionais".