Desporto

Diretor do jornal do Benfica chama Jorge Andrade de "besta negra"

"Certamente não deseja para o filho dele que tem a jogar no Benfica que haja uma besta qualquer que lhe venha dar o pisão que ele preconizava dar-se ao João Félix"

O diretor do jornal do Benfica, José Nuno Martins, chamou esta quinta-feira “besta negra" e “caceteiro” a Jorge Andrade.

Em causa estão as palavras do antigo internacional português, na RTP, sobre João Félix: "Eu, se ainda jogasse, dava só um pisão no João Félix e não havia mais João Félix durante o jogo. E aí tinham que recorrer a outro estilo de jogo".

"Estou convencido de que não sairemos do Campo Grande na 2.ª mão sem enfiar lá uma ou duas batatas, desde que não se volte a verificar uma entrada do nosso rival com aquela intensidade preconizada por aquela besta negra, que defendia em pleno serviço público de televisão - refiro-me ao Andrade, um verdadeiro 'Andrade' -, que certamente não deseja para o filho dele que tem a jogar no Benfica que haja uma besta qualquer que lhe venha dar o pisão que ele preconizava dar-se ao João Félix. E não demoraram dois, três minutos, logo no início do jogo um desses tipos tentou anular [João Félix] por esse método preconizado pelo Andrade", referiu José Nuno Martins, durante um comentário ao dérbi na BTV.

"Não é tão livre dizer asneiras quando elas são proferidas num espaço público de opinião. Um serviço público tem de ter cuidado na escolha de caceteiros. Que aconteça na SIC Notícias, um grupo privado... agora que esteja a pagar parte dos honorários deste Andrade", acrescentou.