Internacional

Corpo retirado do avião é do jogador Emiliano Sala

À confirmação da identidade do corpo, seguiram-se várias reações nas redes sociais

O corpo retirado dos destroços do avião que caiu no Canal da Mancha é o do jogador Emiliano Sala, confirmaram as autoridades, esta quinta-feira.

A identidade foi confirmada pela polícia de Dorset, em Inglaterra, através de um comunicado: "O corpo recuperado para o porto de Portland hoje, quinta-feira 7 de fevereiro de 2019, foi formalmente identificado como o do jogador de futebol profissional Emiliano Sala. As famílias de Sala e do piloto David Ibbotson foram atualizadas com esta notícia e continuarão a ser apoiadas por equipas especializadas", pode ler-se no Twitter.

Recorde-se que, na quarta-feira, tinha sido recuperado um corpo por entre os destroços de um avião, que se pensava ser aquele onde Emiliano Sala, de 28 anos, seguia, pilotado por David Ibbotson, que desapareceu no Canal da Mancha a 21 de janeiro.

A polícia de Dorset sublinhou que as operações para resgate do corpo foram realizadas "condições muito difíceis", mas que decorreram “da maneira mais digna possível”, tendo as famílias das vítimas sido atualizadas durante todo o processo.

À confirmação da identidade do corpo, seguiram-se várias reações nas redes sociais, entre elas a do presidente da Argentina, Mauricio Macri‏, que publicou no Twitter uma mensagem dirigida à família do jogador argentino: "Que notícia dolorosa. As minhas condolências aos familiares, amigos e companheiros de Emiliano Sala neste momento tão duro. Estamos convosco", escreveu.

O clube Cardiff, por quem Emiliano Sala tinha assinado, também reagiu à notícia com um comunicado e com a publicação da frase: "Para sempre connosco".

Sublinhe-se que o jogador argentino Emiliano Sala ia a bordo de um avião, que desapareceu dos radares a 21 de janeiro, pelas 20 horas, quando o futebolista e o piloto David Ibbotson, de 59 anos, sobrevoava o Canal da Mancha, numa viagem de Nantes para Cardiff, onde o atleta era esperado no dia seguinte para treinar no seu novo clube.

Os destroços do avião onde ambos seguiam só foram encontrados no último domingo a cerca de 20 quilómetros a norte de Guernsey, perto da zona da sua última transmissão.

No dia seguinte, foi revelada a descoberta de um corpo, que se sabe agora ser o de Emiliano Sala.