Sociedade

Marinheiro turco doente salvo no Funchal

Um marinheiro turco, de 38 anos de idade, que sofreu doença súbita, foi salvo a cerca de 22 quilómetros a Sul do Porto do Funchal, através de uma operação bem-sucedida e que envolveu o trabalho de equipa multidisciplinar.

O alerta foi recebido no MRSC Funchal, tendo posteriormente contactado o navio e logo encaminhado ao INEM/Centro de Orientação de Doentes Urgentes no Mar (CODU-Mar) que, face ao quadro clínico, decidiu proceder-se ao resgate por via marítima, com uma equipa médica a bordo, daquela vítima, tripulante da marinha mercante.

A ação foi imediatamente desencadeada em articulação com o Subcentro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo do Funchal (MRSC Funchal) e o Serviço Regional de Proteção Civil (SRPC IP-RAM).

O desembarque ocorreu na Marina do Funchal, onde o tripulante era aguardado por uma ambulância dos Bombeiros Voluntários Madeirenses, tendo sido logo transportado para o Hospital Nélio Mendonça, na cidade do Funchal.

O resgate foi realizado com a embarcação salva-vidas da Capitania do Porto do Funchal ISN-SR40, sob a coordenação do capitão do Porto do Funchal, capitão-de-mar-e-guerra Guerreiro Cardoso, que é por inerência o comandante da Polícia Marítima do Funchal, órgão de polícia criminal que tomou conta desta ocorrência.