Sociedade

Mulher sobrevive a tentativa de homicídio do ex-marido com dois tiros na cabeça

Suspeito não aceitou o divórcio

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta sexta-feira a detenção de um homem de 39 anos por alegadamente ter tentado matar a ex-mulher com uma arma de fogo em Nelas.

Segundo um comunicado da Diretoria do Centro da PJ,  “o  suspeito, ex-marido da vítima, nunca aceitou o divórcio, responsabilizando-a pelo fim da relação, e, por isso, decidiu arquitetar um plano para a matar. Para o efeito, muniu-se de uma arma de fogo e atraiu-a para um local isolado, onde lhe desferiu dois tiros na zona da cabeça, que só não se revelaram fatais por mero acaso”.

A vítima, “apesar de gravemente ferida”, conseguiu fugir do local e dirigiu-se a uma unidade de saúde.

A detenção do homem, suspeito da autoria de um crime de homicídio na forma tentada, ocorreu com a colaboração da GNR de Mangualde.

O suspeito vai ser presente a um primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.