Internacional

Venezuela. Maduro cita John Lennon e pede paz

 "Aceito o diálogo, mas sem pré-condições. E sempre com o cumprimento da constituição"

"Querem impor um novo Pinochet", afirmou esta sexta-feira Nicolas Maduro, acusando os seus opositores na Venezuela e os EUA de quererem forrar um golpe de Estado no país.

Para arranjar uma solução para a crise política, o presidente da Venezuela propôs que fosse convocada uma nova Assembleia Constituinte. “Quero ver o voto a votar”, atirou durante uma conferência de imprensa em Caracas. "Quais são as prioridades dos venezuelanos? Eleições? Penso que não", acrescentou.

Maduro aproveitou para fazer um apelo à União Europeia, citando a famosa música de John Lennon: “deem uma oportunidade à paz” (“give peace a chance”, no original).

O presidente da Venezuela garantiu estar disponível para dialogar com “todos os parceiros internacionais”, admitindo até negociar com Juan Guaidó, opositor de Maduro que se autoproclamou presidente interino do país: "Aceito o diálogo, mas sem pré-condições. E sempre com o cumprimento da constituição".