Politica

“O que vemos é uma degradação da paz social que nos preocupa muito, porque o que gostamos é de ver o país a progredir"

Assunção Cristas falou sobre a greve dos enfermeiros

Assunção Cristas, líder do CDS, diz estar preocupada com a forma como o governo tem tratado os enfermeiros e professores. “O que vemos é uma degradação da paz social que nos preocupa muito, porque o que gostamos é de ver o país a progredir, a andar, a crescer”, afirmou.

Em declarações aos jornalistas, à margem da Feira do Fumeiro, em Vinhais, Cristas disse ainda que o executivo que revelou “incompetência” e irresponsabilidade ao cortar “relações com vários setores” – como o setor da saúde e o da educação.

Acerca do financiamento da greve cirúrgica, Assunção Cristas disse que há algo mais importante que se tem que perceber: “O mais importante de tudo é garantir que passamos a uma outra fase, uma paz social que está a escassear neste país. Por isso lançamos o apelo ao Presidente da República que certamnte encontrará a melhor forma e o melhor momento de o fazer para ajudar a moderar um conflito que deixou mal os utentes, os doentes, quem precisa de recorrer ao hospital”.