Sociedade

Cadastrado detido por furtar veículo e condução perigosa

Um cadastrado foi detido pela GNR, detido por furtar veículo e condução perigosa, no Montijo.

DR  

O homem, de 26 anos, é suspeito da prática dos crimes de furto de veículo, condução perigosa e condução sob o efeito do álcool, no concelho do Montijo.

Durante uma operação de fiscalização de rodoviária, os militares deram uma ordem de paragem a um veículo automóvel, tendo o condutor desobedecido, colocando-se em fuga. Os militares de imediato foram no encalço do veículo, que culminou na sua interceção, tentando ainda o condutor encetar uma fuga apeada, que durou escassos metros, até ser detido.

Após algumas diligências, os militares verificaram então que o automóvel tinha sido furtado durante a madrugada, na localidade da Moita, tendo na ignição uma chave falsa, vulgarmente designada por “gazua”.

No local onde o automóvel foi furtado, detetaram-se diversos veículos com danos, presumivelmente originados por tentativas de furto sem êxito, sendo ali recuperado uma outra viatura, que havia sido furtado na localidade de Vialonga.

O condutor ao ser submetido ao teste de alcoolemia, acusou uma taxa crime de álcool no sangue, superior a 1,2 gramas/litro.

O suspeito, com antecedentes criminais pela prática de furtos qualificados e roubos agravados, permaneceu detido nas instalações do Posto Territorial de Montijo, até ser presente, no mesmo dia, a primeiro interrogatório judicial, no Juízo de Instrução Criminal do Barreiro, onde lhe foi aplicada a medida de coação de apresentações trissemanais, no posto policial da sua área de residência.

A ação contou ainda com o empenhamento do Núcleo de Investigação Criminal, do Destacamento Territorial de Montijo, segundo o comandante desta subunidade, capitão Ricardo Samouqueiro.