Politica

Marques Mendes diz que Nelson de Souza sobe a ministro

Comentador da SIC fala sobre as alterações no governo e prevê que Francisco Assis fique fora da lista de candidatos às europeias

O ex-dirigente do PSD, Marques Mendes, antecipa a subida de Pedro Nuno Santos a ministro das Infraestruturas.

Tal como avançou o SOL esta semana, também o comentador da SIC prevê que o ministério do Planeamento e das Infraestruturas seja dividido em dois. Mas de acordo com Marques Mendes o atual secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson de Souza, sobe a ministro para gerir a pasta dos fundos comunitários.

Já Pedro Nuno Santos ficará responsável pelas obras públicas e vai ainda herdar a pasta da Mobilidade Interna, que no momento está no ministério do Ambiente.

Marques Mendes diz ainda que é possível que Maria Manuel Leitão Marques, ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, saia para o Parlamento Europeu. Cenário que o comentador diz que “ainda não é certo”.

Para substituir Pedro Nuno Santos nos Assuntos Parlamentares, tal como escreve o SOL esta semana, também Marques Mendes aponta Mariana Vieira da Silva que é secretária de Estado Adjunta do Primeiro-Ministro.

Todas estas alterações serão anunciadas por António Costa no dia 17 de fevereiro, um dia depois da convenção europeia do PS, em Vila Nova de Gaia.    

Sobre as listas das europeias, o comentador da SIC diz que Francisco Assis ficará fora. “É pena porque tem pensamento europeu estruturado”, lamenta Marques Mendes.