Sociedade

Homem detido por atear fogo ao quintal em Olhão

Situação era recorrente nos últimos dois anos

Um homem, de 58 anos, foi detido no último sábado à noite por atear fogo no próprio quintal em Quelfes, Olhão. No entanto, é algo frequente nos últimos dois anos.

De acordo com o Correio da Manhã, o homem tem problemas psicológicos e foi detido pela PSP.

"Vi-o a ser algemado pela polícia, depois de ter ateado fogo a uns plásticos que tem no quintal. Felizmente o fogo não se estendeu a outras casas", disse Maria Sousa, vizinha do detido, citada pelo Correio da Manhã.

Ainda assim, os fogos não são o único problema, De acordo com os vizinhos, o homem comete atos de vandalismo constantes e a sua habitação está cheia de lixo.

"Tenho ratos que me entram no quintal e que vêm da casa dele e ele até me partiu a chaminé. Já agrediu pessoas que moram aqui. É um pesadelo”, acrescenta a mesma vizinha.

Segundo o mesmo jornal, o homem estava com Termo de Identidade e Residência por situações semelhantes. Esta segunda-feira vai ser ouvido por um juiz para aplicação de medidas de coação.

O suspeito tinha de se apresentar duas vezes por semana na PSP devido aos constantes incêndios que tem ateado junto a casa, algo que não estava a cumprir, e não podia ter acesso a utensílios que fizessem fogo.

De acordo com o Correio da Manhã, os vizinhos já tinham feito um abaixo-assinado, com 50 assinaturas, para tentar encontrar ajuda para o suspeito.

A situação estava sinalizada pela Câmara de Olhão.