Sociedade

Portugal. Mais de metade dos cientistas e engenheiros são mulheres

Dados, divulgados hoje pelo Eurostat, são relativos a 2017

Mais de metade dos engenheiros e cientistas em Portugal - 51% - são mulheres. Só a Lituânia, a Bulgária e a Letónia têm mais mulheres engenheiras e cientistas - 57% e 53% dos diplomados das áreas, respetivamente.

A média europeia fixa-se nos 41%. O estudo incluiu todos os Estados-membros da União Europeia (UE e, atrás de Portugal, vêm a Dinamarca (51%), a Alemanha (33%), a Finlânida (29%) e o Luxemburgo (25).

De acordo com o Eurostat, em 2017 havia mais de 17 milhões de cientistas e engenheiros na UE. Sete milhões são mulheres.

Por cá, há 358 mil engenheiros e cientistas, dos quais 184 mil são mulheres.