Sociedade

Alunos da Escola Secundária do Porto queixam-se da falta de condições básicas

Em causa está a Escola Secundária Aurélia de Sousa, no Porto

DR  

Esta segunda-feira, vários alunos da Escola Secundária Aurélia de Sousa, no Porto, ficaram revoltados quando, pela hora de almoço, foram informados de que a refeição seria apenas um hambúrguer e uma salada.

De acordo com o Correio da Manhã, tudo se deveu à falha técnica no fornecimento de gás e, por isso, não havia condições para servir uma refeição decente. "Fomos avisados à hora de almoço que não íamos ter uma refeição completa", disse à CMTV uma aluna desta escola, tendo garantido que os estudantes apenas foram informados praticamente em cima da hora do almoço.

Além disso, outros alunos queixaram-se ainda da falta de condições básicas deste estabelecimento de ensino, como é o caso da falta de produtos essenciais, como papel higiénico nas casas de banho.