Sociedade

Várias salas da Escola Secundária de Cascais encerradas devido à presença de amianto

A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) decretou ontem, quarta-feira, o encerramento de sete salas na Escola Secundária de Cascais depois de ter sido detetada a presença amianto.

De acordo com o vereador da Educação da Câmara Municipal de Cascais, Frederico Pinho de Almeida, em declarações à Agência Lusa, o município recebeu ontem, quarta-feira, ordem para o encerramento de “cinco salas de aula, a sala de diretores e outra sala” depois de ter sido detetada presença de amianto.

No entanto, o mesmo responsável afirma que não houve necessidade de encaminhar os alunos para outras escolas e esclareceu que as aulas continuam a “decorrer noutras salas da escola”.

O autarca foi questionado sobre se a câmara estava a ponderar avançar com obras de requalificação, mas este apenas referiu que “continuam a aguardar resposta do Ministério da Educação”.

“Estivemos ontem [quarta-feira] reunidos na DGEST [Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares] e tivemos a confirmação por parte deste organismo de que o piso e as coberturas das salas de aulas serão intervencionadas, não tendo ainda nenhuma data específica para o início dos trabalhos”, esclareceu o responsável.