Sociedade

Homem “manteve relação com mulher, ameaçando-a de morte e obrigando-a a práticas sexuais”

Suspeito foi detido ontem, no dia Dia dos Namorados, depois de uma investigação que foi realizada ao longo de dois meses

João Porfírio
Dreamstime
José Sérgio

Esta quinta-feira, um homem de 36 anos foi detido no concelho de Vila do Conde, por suspeitas da prática do crime de violência doméstica, informou a Guarda Nacional Republicana em comunicado.

A mesma força de autoridade refere que a investigação durou dois meses e permitiu à GNR concluir que, durante um ano, o suspeito “manteve uma relação de namoro com a vítima, uma mulher de 38 anos, ameaçando-a de morte com uma faca de cozinha e obrigando-a a práticas sexuais”.

Depois de a relação ter terminado, o homem mesmo assim não se afastou e continuou a procurá-la e a persegui-la, tendo-lhe causado “medo e inquietação”.

O suspeito ficou sujeito à medida de coação de afastamento da residência e proibição de contactos com a vítima, por qualquer meio. Além disso, está a ser controlado por uma pulseira eletrónica.