LifeStyle

Sapatos e acessórios de Ronaldo já não vão ser "100% made in Portugal"

Produção vai começar a ser feita na China

DR  

Quando lançou a sua marca de sapatos, em 2014, Cristiano Ronaldo garantiu aos jornalistas que os seus artigos seriam “100% made in Portugal”. Ou seja, seriam totalmente fabricados em Portugal. Mas parece que já não é bem assim...

O Jornal de Negócios noticia esta sexta-feira que os sapatos do craque português serão produzidos fora do país. Os artigos serão fabricados “em cerca de 70% fora de Portugal, em países como Espanha e Bangladesh”, disse Nuno Romão, o diretor da empresa responsável pela produção e venda dos produtos, a Nolive.

Apenas 30% da nova coleção será produzida em Portugal. Acessórios como carteiras, cintos e malas serão todos fabricados “lá fora, maioritariamente na China”, diz o empresário.

A apresentação da nova coleção ocorreu no passado dia 11, em Milão. Esta nova linha surge depois de a empresa de Cristiano Ronaldo ter passado por um período de fracasso de vendas, que quase ditou a falência do negócio.

Nuno Romão garantiu ao Jornal de Negócios que já existem encomendas “para Portugal, Itália, Espanha, México, Egito e Bélgica”.