Sociedade

Confirmada morte de jovem cozinheira após derrocada que atingiu restaurante na Calheta

A derrocada aconteceu por voltas 13h15

Está confirmada a morte da cozinheira, de 23 anos, que na tarde deste sábado ficou soterrada após uma derrocada que atingiu a cozinha de um restaurante na Calheta, na Madeira.

A confirmação foi feita pelo presidente da Câmara da Calheta e pelas autoridades, em declarações à RTP Madeira.

De acordo com o comandante dos Bombeiros Voluntários da Calheta, Jacinto Serrão, citado pela agência Lusa, no local estiveram os cães da brigada cinotécnica.

A derrocada aconteceu por voltas 13h15.

O restaurante situa-se junta à marginal da Calheta, numa extremidade da escarpa onde decorrem obras de consolidação por um período de três meses, até ao final de março.

“Eu estava numa mesa a servir um casal e ouvi um estrondo bastante grande, e depois vi bastante fumo e a pedra em cima da cozinha. Corri para a rua e quando olhei para trás, a cozinha estava toda soterrada. Lá dentro estava a cozinheira, Carina Marlene” disse ao Jornal da Madeira, Ana Gouveia, responsável pelo restaurante.

Um vídeo partilhado pelo mesmo jornal mostra as operações para retirar o pedregulho que provocou a morte da jovem.