Sociedade

Ao final do dia de hoje vai ver-se no céu a maior super-Lua de 2019

Este ano conta com três super-Luas e a maior de sempre vai observar-se ao final do dia desta terça-feira.

Este ano, podemos contar com três super-Luas no céu, mas a maior de todas vai ser visível esta terça-feira, ao final do dia.

De acordo com o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL), a Lua cheia será até 14% maior do que o normal e 30% mais brilhante. Assim, caso as condições meteorológicas o permitam, a melhor altura para observar o céu vai ser pelas 18h17 em Lisboa e pelas 18h10 no Porto, que é exatamente o ponto em que a lua nasce e aparece no horizonte.

“Para um observador, a Lua parece maior quando está perto do horizonte e quando aparece por entre edifícios ou árvores”, explica o OAL.

Afinal, por que razão se dá o fenómeno da Lua cheia?

O OAL refere que este fenómeno – super-Lua cheia – resulta da “ocorrência simultânea da fase de Lua cheia e da presença da Lua no perigeu”, ou seja, o ponto da órbita em que o satélite natural se encontra mais próximo da Terra.

Hoje, a Lua vai estar a cerca de uma distância de 356.761 quilómetros do planeta Terra, sendo que a distância média é de 384.400 quilómetros.

No que diz respeito à fase da Lua Cheia, acontece quando ocorreu o alinhamento do tipo “Sol – Terra – Lua”.

A terceira e última super-Lua deste ano vai ser novamente visível no dia 21 de março, tendo a primeira sido observada no passado mês de janeiro.