Internacional

Maduro pede a Juan Guaidó que convoque eleições antecipadas na Venezuela

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, instou esta quarta-feira o autoproclamado Presidente interino, Juan Guaidó, a convocar eleições antecipadas.

AFP
AFP
AFP
AFP
AFP

"Por aqui há um palhaço que diz ser Presidente interino. A primeira coisa que deve fazer um Presidente interino é convocar eleições. Porque não convoca eleições, para o derrotar já com os votos do povo", lançou Maduro, desafiando Guaidó a convocar eleições. 

Além disso, Maduro voltou a falar sobre o seu homólogo norte-americano, Donald Trump, e afirmou que este tem um plano para se "apoderar dos recursos e das riquezas minerais venezuelanas".

"A Venezuela está hoje no epicentro geopolítico mundial, entre a disputa de uma visão imperial unipolar agressiva, do império 'gringo' e a visão democrática multipolar de convivência, harmonia e de diálogo dos povos do mundo", disse o venezuelano.

Recorde-se que Guaidó foi reconhecido como Presidente interino da Venezuela por mais de meia centena de países, incluindo Portugal.