LifeStyle

Estes são os alimentos que estimulam a inteligência e os que a deitam a perder...

Os neurónios precisam sempre de alimentos que os ajudem a funcionar devidamente de forma a que se mantenham focados durante todo o dia.

Quando se mete na cabeça que vamos fazer dieta -seja por que motivo for - temos de ter em atenção aos alimentos que vamos retirar da nossa alimentação, uma vez que muitos deles, quando estão em falta, podem prejudicar (e muito) o nosso cérebro. 

A nutricionista e consultora nutricional Lisa Mosconi, no seu mais recente livro "Brain Food: How to Eat Smart and Sharpen Your Mind" ('Comida para o cérebro: como comer de forma inteligente e aguçar a mente') fala sobre vários alimentos importantes ao nosso cérebro e que, de certa forma, aguçam a inteligência.

Por estes motivos, o jornal espanhol El País fez um apanhado dos alimentos que constam deste livro e destaca aqueles que mais beneficiam o cérebro e também os que menos beneficiam.

Alimentos bons

Cavala - desacelera o declínio cognitivo 

Azeite - aumenta os níveis de oxigénio no cérebro 

Beterraba - pode substituir o açúcar, uma vez que os neurónios precisam de glicose como fonte de energia

Alimentos maus

Todo o tipo de fritos e de comida rápida é, como se tem vindo a saber ao longo dos tempos, o maior inimigo para o corpo - tanto fisicamente como mentalmente.

Estes são alimentos processados e estão repletos de gorduras transgénicas e de açúcar refinado.