Sociedade

Pais de médica portuguesa morta na Alemanha trazem corpo de volta para Portugal esta semana

Inês foi morta no passado domingo, à porta de sua casa. O ex-namorado, o homem que a atacou, chama-se Stefan Borger e é um engenheiro alemão.

DR
DR
DR

No passado domingo à noite, dia 17 de fevereiro, Inês Barata Feio Terrahe, de 32 anos, foi morte à facada pelo seu ex-namorado, Stefan, por ciúmes e obsessão.

De acordo com o Correio da Manhã, quando o casal namorava, já passava horas a discutir e, por essa razão, Inês decidiu terminar a relação. 

O mesmo jornal escreve que os pais da médica já estão na Alemanha para tratar da trasladação do corpo da filha para Portugal.

Ambos têm contado com o apoio do consulado português desde esta segunda-feira, dia em que souberam da morte da morte da filha.

A imprensa alemã indica que Stefan Borger está agora sob custódia das autoridades.