Desporto

França. Lass Diarra rescinde com o PSG e anuncia retirada

O médio francês, prestes a completar 34 anos, só fez quatro jogos esta época

Uma das despedidas era esperada; a outra nem por isso. Lass Diarra rescindiu esta quinta-feira com o PSG e, pouco depois, anunciou o adeus ao futebol. O médio francês, prestes a completar 34 anos, fez apenas quatro jogos esta época - o último a 20 de outubro - e decidiu agora que estava na hora de se retirar dos relvados.

"Chegou o momento de pendurar as botas, como se costuma dizer. Ao futebol, dei muito. Graças ao futebol, recebi muito. O desporto de alto rendimento é uma verdadeira escola de coragem, perseverança e respeito. Não é uma questão de unanimidade, mas de honrar, com profissionalismo, com voluntarismo e lealdade, a confiança que lhe damos. Não digo que fiz tudo de maneira perfeita, mas fiz com coração, paixão e gentileza", escreveu Lass nas redes sociais, agradecendo a todos os clubes por onde passou, bem como aos treinadores e colegas.

Internacional A por França em 34 ocasiões (esteve no Euro 2008), Lass Diarra estreou-se como profissional em 2004/05 no Le Havre e foi contratado na temporada seguinte por José Mourinho para o Chelsea, onde conquistou um campeonato, uma Taça e uma Taça da Liga. Passou depois meia temporada no Arsenal e um ano no Portsmouth, sendo contratado pelo Real Madrid a meio da época 2008/09. Nos merengues (onde seria novamente orientado por Mourinho) conquistou um campeonato, uma Taça do Rei e uma Supertaça e colecionou depois duas passagens pelo futebol russo (Anzhi e Lokomotiv de Moscovo) antes de regressar, em 2015/16, para França, rumo ao Marselha, onde ficou duas temporadas.

No início da época passada aceitou o chamamento das Arábias, assinando pelo Al-Jazira, dos Emirados Árabes Unidos, mas em janeiro de 2018 voltou a França para representar o PSG. Somou 19 jogos pelos parisienses, conquistando um campeonato, uma Taça, uma Taça da Liga e uma Supertaça.