Sociedade

Sociedade Portuguesa de Pneumonologia vai plantar 1000 árvores no Pinhal de Leiria

Ação vai decorrer no dia 9 de março

A Sociedade Portuguesa de Pneumonologia (SPP), em parecia com a Quercus, vai plantar 1000 árvores no Pinhal de Leiria, uma das zonas mais afetadas pelos incêndios em 2017.

A ação, que vai decorrer no dia 9 de março, surgiu no âmbito da ‘Corrida do Pulmão’ onde a SPP se comprometeu a oferecer uma árvore por cada inscrição registada.

“A SPP está inserida na sociedade portuguesa e com isto tem determinadas obrigações, nomeadamente, pugnar pela saúde respiratória que é, claramente, afetada pela exposição ambiental. A plantação das 1000 árvores é, para a SPP, um ato muito importante não só do ponto de vista social mas também da saúde da população", começou por dizer, em comunicado, António Morais, presidente da Sociedade Portuguesa de Pneumologia.

"Por outro lado, esta ação surge no contexto na Corrida da Pulmão, uma iniciativa que promovemos conscientes dos benefícios que o exercício físico tem na saúde em geral e também na saúde respiratória. Portugal é um dos países da União Europeia onde os portugueses fazem menos exercício físico – de acordo com o eurobarómetro sobre desporto e atividade física, 68% dos portugueses referem que nunca fazem exercício - o que revela não estarem sensibilizados acerca dos benefícios que podem ter com esta prática enquanto um componente essencial na sua saúde”, acrescentou.

Também a Nippon Gases participou na iniciativa e adicionou 500 árvores às 500 já previstas resultantes do número de inscrições da corrida.