Sociedade

Agravamento do estado do mar nos Açores a partir desta quarta-feira

Autoridade Marítima Nacional deixa alguns conselhos

A Autoridade Marítima alertou esta quarta-feira para o agravamento do estado do mar no arquipélago dos Açores, particularmente nos grupos Ocidental e algumas ilhas do grupo Central, até ao final do dia de sexta-feira.

Segundo a Autoridade Marítima Nacional, em comunicado, no grupo Ocidental, Flores e Corvo, "a agitação marítima de noroeste, mas rodando para oeste, poderá atingir valores de altura significativa de quatro metros, aumentando paulatinamente até que no dia 01 de março poderá atingir seis metros de altura significativa".

Já nas ilhas de São Jorge, Pico e Faial, a agitação marítima de oeste poderá ter quatro metros de altura significativa na quinta-feira, aumentando para seis metros na sexta-feira.

Desta forma, “a Autoridade Marítima Nacional e a Marinha reforçam a recomendação, em especial à comunidade piscatória e da náutica de recreio que se encontra no mar, o eventual regresso ao porto de abrigo mais próximo e a adoção de medidas de precaução” e recomendam ainda “o reforço da amarração e vigilância apertada das embarcações atracadas e fundeadas, bem como evitar passeios junto ao mar, de onde se destacam os molhes de proteção dos portos”.

“À população em geral que frequente as zonas costeiras, aconselha-se que se abstenham da prática de passeios junto à orla costeira e nas praias, bem como da prática de atividades lúdicas nas zonas expostas à agitação marítima, sendo essencial que assumam uma postura preventiva não se expondo desnecessariamente ao risco. Caso exista absoluta necessidade de se deslocar até à orla costeira, deverá manter uma atitude vigilante”, aconselha a Autoridade Marítima Nacional.