Sociedade

Militar da GNR acusado de abusar sexualmente de mulher dentro do posto

 Mulher estava temporariamente detida

Militar da GNR acusado de abusar sexualmente de mulher dentro do posto

Um militar da GNR foi detido, por suspeita de ter abusado sexualmente de uma mulher que estava no posto de Celorico da Beira.

A GNR explica, através de um comunicado, que no domingo a Judiciária da Guarda entregou sob detenção, naquele posto, uma mulher que deveria permanecer nas instalações.

"No dia seguinte, a detida formalizou uma queixa-crime nas instalações da PJ por, alegadamente, ter sido vítima de abusos sexuais, praticados por um militar da GNR, no referido posto”, lê-se no documento.

O comunicado adianta ainda que o militar em causa já foi “presente ao Tribunal Judicial da Guarda, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de termo de identidade e residência".

A GNR já instaurou um procedimento disciplinar, "tendo o militar sido preventivamente transferido para outra subunidade do Comando Territorial da Guarda".

Os comentários estão desactivados.