Sociedade

Raio deixa cerca de 150 pessoas feridas em funeral de criança em Angola

Pessoas ficaram em pânico


Um raio feriu pelo menos 146 pessoas durante um funeral de uma criança no cemitério municipal do Luena.

Segundo a Rádio Nacional de Angola e a agência Angop, as vítimas ficaram feridas depois de terem sido atingidas por um raio.

Instalou-se o pânico entre as pessoas que estavam no local, mas apesar do número elevado de feridos, não terá havido qualquer morte a registar.

A diretora clínica do Hospital Geral do Moxico, Georgina Esperança Muhunga falou aos jornalistas e adiantou que algumas das vítimas, que deram entrada nas diversas unidades de saúde já tido alta depois da assistência médica.

A responsável confirmou que não se registaram vítimas mortais.