Sociedade

Pedófilo português que fugiu em 2002 detido em Espanha

Homem tinha sido condenado a três anos e oito meses de prisão há 17 anos 

DR  

No passado dia 18 de fevereiro, um pedófilo português, agora com 79 anos, que fugiu em 2002 foi detido em Espanha pela Guardia Civil.

Na altura, o homem tinha sido condenado a três anos e oito meses por abuso sexual de uma menor. Agora, a Guardia Civil informa que deteve o homem de nacionalidade portuguesa - que já vivia já há 15 anos em Badajoz - depois de ter fugido de Portugal para escapar ao cumprimento da pena de prisão a que tinha sido condenado.

De acordo com a mesma força de autoridade espanhola, o homem foi detido depois de os agentes terem detetado um crime de falsificação da licença de condução portuguesa e do cartão de identidade do suspeito na altura em que tentava obter a carta de condução espanhola.

O jornal espanhol Hoy escreve que a operação para deter o homem teve início em janeiro deste ano.