Sociedade

Homem esfaqueado no pescoço por negar cigarro em Portimão

Suspeito do crime está em fuga

Um homem, com cerca de 30 anos, foi esfaqueado no pescoço, na madrugada deste sábado, depois de negar dar um cigarro, em Portimão. O suspeito está em fuga.

Segundo o Correio da Manhã, o homem ficou gravemente ferido e encontra-se nos cuidados intensivos do Hospital de Portimão.

O mesmo jornal escreve que na origem do crime está o facto de a vítima ter recusado um cigarro ao agressor.

O momento foi testemunhado por várias pessoas, uma vez que aconteceu numa zona de grande movimentação noturna da cidade.

A Polícia Judiciária está a investigar o caso e a tentar localizar o suspeito do crime.