Vida

Paris Jackson fala pela primeira vez sobre acusações de pedofilia a Michael Jackson

"Leaving Neverland" baseia-se no testemunho de duas alegadas vítimas do artista

Paris Jackson, filha de Michael Jackon, falou pela primeira vez sobre as acusações de abusos sexuais que o falecido cantor é alvo.

Depois de o documentário ‘Leaving Neverland’, baseado no testemunho das alegadas vítimas, Paris quebrou finalmente o silêncio, algo que não havia feito até ao momento por questões profissionais.

“Na verdade ainda não tinha feito declarações, especialmente pela forma como iriam afetar a minha vida profissional”, escreveu no Twitter, deixando claro que acreditava na inocência do pai.

“Vocês levam a minha vida mais a sério do que eu. Calma”, acrescentou numa referência à comunicação social.

Representantes da família Jackson já haviam repudiado o documentário, argumentando que este se trata de mais uma tentativa de explorar e o artista e de lucrar à sua conta.

O documentário foi produzido e realizado por Dan Reed, realizador que já tinha sido assinado os filmes "The Paedophile Hunter" e "Three Days of Terror: The Charlie Hebdo Attacks".