Sociedade

Suspeito de matar homem que recusou cigarro entregou-se à polícia

Após recusa de cigarro homem esfaqueou vítima no pescoço

O homem que terá matado outro, por este se ter recusado a dar-lhe um cigarro, entregou-se à Polícia Judiciária, na quarta-feira ao final do dia.

O caso ocorreu no sábado passado na Praia da Rocha, em Portimão, quando uma testemunha viu um homem a pedir um cigarro a outro que recusou, tendo sido esfaqueado no pescoço em seguida. Algumas pessoas que assistiram à cena, tentaram socorrer a vítima, de 32 anos, até à chegada do INEM, mas o homem acabaria por morrer.

A descrição do agressor feita pelas testemunhas, levou a polícia a suspeitar de um indivíduo já conhecido das autoridades, que entretanto se entregou ontem.

O suspeito, de 21 anos de idade, foi detido por homicídio qualificado e será presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação, segundo um comunicado da Polícia Judiciária.