Desporto

“Fiquei triste por abandonar a equipa. Para mim, foi uma surpresa sair”

Jorge Jesus fala da sua saída do Al-Hilal e revela que foi surpreendido com o facto de o clube árabe querer a sua saída.

"Neste momento, não tenho qualquer oferta. Eu e o meu agente recebemos alguns contactos de muitos clubes europeus para a próxima temporada. No entanto, eu prefiro iniciar uma época e não entrar a meio desta. Espero negociar com um clube como o Real Madrid", disse o treinador português em entrevista a uma televisão árabe, a Al Arabya TV.

Na mesma conversa, o técnico português admitiu que a sua saída do Al-Hilal foi uma surpresa para si, uma vez que acabou por não levar o projeto até ao fim.

No entanto, deixa um aviso em tom de lembrança: "Eu não fui o treinador escolhido pelo novo presidente do Al-Hilal. Fiquei triste por abandonar a equipa. Para mim, foi uma surpresa sair. Normalmente, um treinador é despedido porque perde jogos e eu só perdi um em 26 partidas...", reforçou Jorge Jesus.

"Queria cumprir o meu contrato até ao fim, mas depois o presidente do clube não quis que eu continuasse...", assumiu o treinador português.