LifeStyle

Comer “um ovo por dia aumenta o risco de ataque cardíaco e morte prematura”

Novo estudo deixa alerta

DR  

Num estudo recentemente publicado, vários investigadores afirmam que ingerir um ovo por dia aumenta significativamente o risco de sofrer ataques cardíacos fulminantes, bem como sofrer de morte prematura.

Os responsáveis pelo estudo – uma equipa da Universidade de Northwestern, em Illinois, EUA – refere que os altos níveis de colesterol que estão presentes na gema são os grandes culpados destes riscos que se correm.

A líder do estudo, Norrina Allen, através de um comunicado indica que é necessário comer “ovos com extrema moderação”. “O nosso estudo revela que se duas pessoas seguem exatamente a mesma dieta e que a única diferença consiste nos ovos que consomem, que é possível medir o efeito dessa ingestão de ovos relativamente à ocorrência de doenças cardiovasculares”, disse.

No entanto, apesar de os ovos serem ricos em colesterol, ainda assim têm outros componentes que são importantes e benéficos para a saúde.

A equipa de cientistas analisou cerca de 30 mil adultos durante mais de 30 anos e, agora, publicou os resultados na revista científica de medicina JAMA.