Vida

Atriz Emilia Clarke confessa ter sofrido dois aneurismas enquanto filmava a “Guerra dos Tronos”

Atriz admitiu que durante muito tempo acreditou que ia morrer


A atriz Emilia Clarke, que interpreta Daenerys Targaryen na série “Guerra dos Tronos”, confessou, através de um texto escrito na primeira pessoa, e publicado na revista The New Yorker, que sofreu dois aneurismas enquanto filmava a série.

Durante muito tempo acreditou que ia morrer. O primeiro aneurisma foi detetado pouco tempo depois do fim das filmagens da primeira temporada. Em fevereiro de 2011, a atriz sentiu-se mal. Na altura, estava a fazer exercício físico acompanhada do seu personal trainer, quando uma forte dor de cabeça e vómitos a levaram de urgência para o hospital.

“Um nevoeiro de inconsciência tomou conta de mim. De uma ambulância fui levada numa maca para um corredor impregnado do cheiro a desinfetante e de barulhos de pessoas aflitas. Porque ninguém sabia o que se passava comigo, os médicos e as enfermeiras não me deram quaisquer drogas para aliviar a dor”, começou por contar Emilia Clarke.

Mais tarde, a atriz  foi diagnosticada com uma hemorragia subaracnóidea, “um tipo de acidente vascular cerebral causado pela hemorragia no espaço ao redor do cérebro”, explica no texto. “Eu tive um aneurisma, uma rutura arterial.”

A estrela de a “Guerra dos Tronos” disse que a recuperação foi dolorosa e que, “nos piores momentos quis desistir de tudo”: “Pedi aos médicos para me deixarem morrer”, disse.

Durante as filmagens da segunda temporada, o seu estado de saúde era ainda frágil e, em 2013, a atriz voltou a sentir-se mal. Após mais um exame de rotina,  foi descoberto que era necessário voltar a ser operada.

Os médicos tinham-lhe dito que este seria um procedimento mais simples do que o primeiro, mas nada se passou desta forma: “o procedimento tinha falhado”.

“Eu tinha uma enorme hemorragia e os médios deixaram claro que as minhas hipóteses de sobrevivência eram precárias se não operassem mais uma vez”, contou Emilia Clarke.

“Pedaços do meu crânio foram substituídos por titânio. Hoje não dá para ver a cicatriz que vai do meu couro cabeludo até ao ouvido, mas na altura eu não sabia que não ia ser visível. Acima de tudo, havia a preocupação constante com perdas cognitivas ou sensoriais”, disse ainda.

Neste momento, a atriz já está totalmente recuperada.

Os comentários estão desactivados.