Desporto

Problema elétrico marca estreia Manuel Correia em todo o terreno

Um problema elétrico encurtou a estreia do campeão Manuel Correia, na primeira prova do campeonato nacional de todo o terreno, ao volante do novo mitsubishi racing lancer, na Baja TT do Pinhal, em Castelo Branco, já que o piloto bracarense e a navegadora Isabel Pinto foram obrigados a abandonar após o orólogo, devido a problemas com a centralina.

O campeão nacional de turismos de montanha estreou-se este fim de semana em provas de todo-o-terreno, na Baja TT do Pinhal, no seu primeiro contacto competitivo, ao lado da sua esposa, Isabel Pinto, com a qual já tinha feito equipa, aquando das provas de ralis.

Bicampeão nacional de montanha na categoria 4 (2016 e 2017) e campeão nacional em turismos de montanha, Manuel Correia, independentemente da sua pouca experiência em pisos de terra – apenas um curto teste poucos dias antes da prova – pretendia com a sua navegadora, Isabel Pinto, nesta fase inicial apenas acumular quilómetros durante a prova organizada pela Escuderia Castelo Branco, mas um problema elétrico no racing lancer obrigou a dupla de Braga a abandonar a competição, estava ainda decorrido só o prólogo.

“Estávamos naturalmente expectantes porque não sabíamos minimamente o que iríamos encontrar, era tudo completamente novo para nós, desde o carro, a pilotagem na terra e o próprio formato da prova”, afirmou Manuel Correia nesta sua incursão por todo o terreno.

 “Ainda conseguimos fazer o prólogo, mas durante a ligação o motor desligou-se e nunca mais conseguimos pôr o carro a trabalhar, o que foi pena, porque, na prática, só fizemos cerca de 10 quilómetros, mas agora vamos tentar preparar bem a próxima prova e ficar a conhecer melhor as características deste nosso novo carro”, concluiu o piloto bracarense.

A segunda prova do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno será a algarvia Baja de Loulé, entre os dias 12 e 14 de abril, o que está a despertar grande interesse competitivo.