Sociedade

Governo declara situação de alerta entre 27 e 31 de março devido ao risco de incêndio elevado

Alerta abrange todos os distritos do país 

Esta terça-feira, o Governo assinou um despacho que determina a declaração de Situação de Alerta entre os dias 27 e 31 de março, uma vez que as previsões meteorológicas apontam para um "significativo agravamento do risco de incêndio florestal". 


"Face às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para um significativo agravamento do risco de incêndio florestal no território do Continente, e considerando a decisão da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, que determinou a passagem do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais ao Estado de Alerta Especial Amarelo em todos os distritos, os Ministros da Administração Interna e da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural assinaram esta terça-feira o Despacho que determina a Declaração da Situação de Alerta", pode ler-se no comunicado divulgado hoje pelo Governo.

"A Situação de Alerta abrange todos os distritos do continente entre as 00:00 do dia 27 de março e as 23:59 do dia 31 de março. O Governo acompanha em permanência o evoluir da situação operacional e apela aos cidadãos para que adequem os seus comportamentos ao quadro meteorológico que tem sido amplamente divulgado", lê-se na mesma nota, emitida pelo Ministério da Administração Interna e pelo Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural.