Sociedade

Carros vão passar a ter limitador de velocidade a partir de 2022

Medida faz parte de um conjunto de diretrizes com vista a diminuir a sinistralidade rodoviária

A Comissão Europeia aprovou, esta terça-feira, um conjunto de diretrizes que visam criar um novo padrão de segurança para a produção de automóveis a partir de 2022, entre as quais a imposição de um limitador de velocidade e uma caixa negra, idêntica à que é usada nos aviões.  

No total, estão previstas 15 melhorias. Além de um sistema inteligente de limitação de velocidade, também estão previstas câmaras para monitorizar as condições do condutor e sistemas automáticos, com o objetivo de diminuir os acidentes causados por erro humano, aumentando a segurança de condutores e passageiros, assim como dos peões e dos ciclistas.

Os dados apresentados pelo Conselho Europeu de Transporte e Segurança apontam para que 90% dos acidentes nas estradas sejam causados por erro humano.

“Todos os anos, 25 mil pessoas perdem a vida nas nossas estradas. A grande maioria destes acidentes é causada por erro humano. Podemos e devemos agir para mudar esta situação. Com os novos recursos de segurança avançados que se tornarão obrigatórios, podemos ter o mesmo tipo de impacto de quando os cintos de segurança foram introduzidos pela primeira vez. Muitos dos novos recursos já existem, em veículos de alta qualidade. Agora vamos colocar a segurança num outro patamar, em todos os níveis e abrir caminho para a mobilidade conectada e automatizada do futuro”, afirmou a responsável pelo Mercado Comum, Indústria e Empreendedorismo na UE, Elżbieta Bieńkowska, citada pela TVI24.