Sociedade

Garcia de Orta. Urgência pediátrica pode fechar

A Ordem dos Médicos denunciou esta quinta-feira, em comunicado, que a urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta se encontra “em risco de ser encerrado alguns dias ou em alguns períodos” devido à falta de pediatras. 

Apesar do alerta lançado pela Ordem há dois meses e da “insistência feita pelo Sindicato Independente dos Médicos, a falta de pediatras no Hospital Garcia de Orta agravou-se”, refere o documento. 

Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos, afirmou que quando o alerta foi feito, “a ministra da Saúde apressou-se a negar os factos, em vez de ter investido todos os esforços no sentido de reforçar o quadro de pediatras”. “Chegámos assim a uma situação limite e inevitável”, conclui. 

O Centro Hospitalar Lisboa Ocidental já reagiu e adiantou que foi cedida a colaboração de um pediatra a iniciar funções de imediato. Entre as propostas está também a abertura de quatro vagas no próximo concurso nacional - a começar no prazo de três meses. O Hospital Garcia de Orta também respondeu à Ordem dos Médicos, dizendo que “as três vagas atribuídas pelo Ministério da Saúde, no concurso recente, infelizmente não foram ocupadas”.