Sociedade

Salvador “está estável” e já respira sozinho

Hospital informa que bebé-milagre já não precisa de “ventilação mecânica”

Salvador “está estável” e já respira sozinho

O filho da canoísta Catarina Sequeira, que estava em morte cerebral desde dezembro, nasceu na madrugada de quinta-feira, após terem antecipado a cesariana, inicialmente marcada para hoje, devido a complicações.

Salvador nasceu com significativos problemas respiratórios. Mas um dia depois, já está a respirar sozinho.

“O Salvador está estável, com boa evolução e já sem necessidade de ventilação mecânica invasiva”, informou o Hospital de São João, no Porto.

A cesariana estava prevista para hoje quando se assinalariam as 32 duas semanas de gestação, mas dadas as complicações respiratórias identificada em Salvador e a dificuldade em ventilar a mãe, os médicos optaram por antecipar o nascimento de Salvador.

Recorde-se que a mãe, Catarina Sequeira, de 26 anos, teve um grave ataque de asma quando estava grávida de 12 semanas, tendo-lhe sido declarada morte cerebral a 26 de dezembro de 2018.

A família depois de reunir com um painel de médicos, decidiu manter a jovem ligada a um suporte de vida, para que a gestação prosseguisse. Catarina Sequeira foi então transferida para o Hospital de S. João onde esteve ligada às máquinas até ontem.

O funeral realiza-se esta tarde, pelas 15 horas, na Igreja Paroquial de Crestuma, em Gaia. O corpo segue depois para o crematório de Paranhos, no Porto.

Os comentários estão desactivados.