Internacional

Marrocos. Papa e rei Mohamed VI assinam texto pela preservação de Jerusalém

Papa Francisco em Marrocos durante dois dias, 33 anos depois da última visita papal.

O Papa Francisco e o rei de Marrocos, Mohamed VI, assinaram este sábado um documento pela preservação de Jerusalém.

"Acreditamos que é importante preservar a Cidade Santa de Jerusalém como património comum da humanidade e, sobretudo, para os fiéis das três religiões monoteístas, como lugar de encontro e símbolo da coexistência pacífica, onde se cultiva o diálogo e o respeito mútuo", lê-se no documento, citado pela Lusa.

O Papa chegou este sábado a Marrocos para uma visita de dois dias que serve para reafirmar a importância do diálogo inter-religioso. A última visita papal a Marrocos foi há 33 anos com João Paulo II.