Vida

Cláudio Ramos e Cristina Ferreira comentam alegadas acusações de violência doméstica a Luciana Abreu

"Quando digo que acho que o Daniel não deve falar é porque se o Daniel vier falar só vem meter lenha numa fogueira feia"

Luciana Abreu tem estado no centro das atenções depois de anunciar que se ia divorciar de Daniel Souza.

Esta segunda-feira, Cláudio Ramos abordou o tema durante ‘O Programa da Cristina’, na SIC, e comentou as alegadas suspeitas de violência doméstica de Daniel Souza contra a artista.

“Ela está meio triste porque na verdade a imprensa toda está a atacar a Luciana porque parece que é a segunda vez que ela vai passar pela mesma situação. Ou seja, que é um outro marido que a maltrata, que é outro marido que a deixa… E todas as pessoas dizem: ‘ai, parece que ela não tem culpas no cartório’. Não sou mais papista que o Papa e, obviamente, que numa separação dois têm culpa”, começou por dizer Cláudio Ramos, acrescentando ainda que Luciana Abreu “já meteu o processo, em dezembro, de alegada violência doméstica”.

“Não está provado, nós não sabemos”, disse o apresentador.

“O que eu gostava que as pessoas percebessem é que ela é que é a pessoa pública. É a ela que a imprensa, que o público, pedem justificações, por isso é natural que ela tenha uma pressão muito maior. E eu quando digo que acho que o Daniel não deve falar é porque se o Daniel vier falar só vem meter lenha numa fogueira feia”, afirmou.

No decorrer da conversa, Cristina Ferreira salientou que  “não tínhamos necessidade nenhuma de saber [se era de violência doméstica]”, mas Cláudio Ramos fez que questão de referir que essa informação acabaria por ser divulgada.

 “Sim, é verdade. E antes de se saber ela própria divulgou”, concordou Cristina Ferreira.