Economia

Fogos licenciados em novas construções crescem 42,5%, diz AICCOPN

Síntese garante que ocorreu um forte arranque no mercado da habitação este ano.

A Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN) divulgou esta segunda-feira a sua Síntese Estatística da Habitação com dados referentes ao mês de janeiro deste ano.

Em comunicado, a AICCOPN revela que no primeiro mês deste ano, o consumo de cimento no mercado nacional contou com 258,7 mil toneladas, que representa um aumento de 15,9% em relação ao mesmo período de 2018.

Foram ainda licenciadas 1.405 obras de construção e a reabilitação de edifícios habitacionais pelas câmaras municipais, o que representa um aumento de 17,3% em termos homólogos.

Quanto ao número de fogos licenciados em construções novas, o crescimento disparou, registando-se em janeiro deste ano um aumento de 42,5%, para 1.835 alojamentos.

Também no primeiro mês do ano registou-se um aumento significativo no novo crédito à habitação com um aumento de 747 milhões de euros em crédito concedido a particulares. Representa um aumento de 17,% face a janeiro de 2018.

Já o valor médio da avaliação bancária aumentou, em janeiro deste ano, 6,3% face ao período homólogo, fixando-se em 1.226 euros por metro quadrado.

Nos apartamentos, o valor fixou-se em 1.288 euros por metro quadrado, em resultado de um acréscimo de 6,9%, em termos homólogos. Nas moradias, o valor médio de avaliação bancária foi de 1.125 euros, o que traduz um aumento de 4,8%, face a janeiro de 2018.