Internacional

Padres queimam livros do Harry Potter por considerarem ser uma ofensa à Igreja

Caso ocorreu em Gdansk, uma cidade situada no norte da Polónia.

No passado domingo, um grupo de padres católicos da Polónia decidiu queimar vários livros que são considerados uma ofensa e um sacrilégio para a Igreja Católica. Entre eles, estão diversos livros da saga Harry Potter, da escritora J. K. Rowling.

Tudo aconteceu em Gdansk, uma cidade situada no norte da Polónia. Depois da Eucaristia dominical, um padre pegou fogo a vários livros num dos pátios adjacentes à fundação SMS from Heaven (Mensagem do Céu). 

Além dos livros, também outros objetos foram queimados, como por exemplo, estátuas de elefantes. 

As imagens deste momento foram partilhadas no Facebook da fundação em causa, sendo que a mesma justifica o ato com passagens da Bíblia que condenam a magia: “Nós cumprimos a palavra de Deus", pode ler-se na publicação feita nas redes sociais.

O protagonista da saga de JK Rowling combate os poderes do mal com o recurso à magia, algo que muitos católicos contestam.