Internacional

Corbyn aceita reunir-se com May para resolver impasse do Brexit

O líder do Partido Trabalhista acedeu esta terça-feira a encontrar-se com a primeira-ministra para encontrarem uma solução para o Brexit

"Reconheço a minha responsabilidade de representar as pessoas que apoiaram o 'Labour' nas últimas eleições e as pessoas que não apoiaram o 'Labour’, mas que querem certeza e segurança para o seu próprio futuro, e essa é a base sobre a qual a nos vamos encontrar e ter negociações", afirmou esta terça-feira o líder da oposição.

As palavras de Jeremy Corbyn surgem no seguimento da declaração formal de Theresa May, que pretende pedir um novo adiamento da data do Brexit, de forma a conseguir aprovar um acordo que garanta uma separação ordenada da UE.

May pretende que as negociações com Corbyn resultem numa abordagem que possa ser aprovada no Parlamento e posteriormente considerada pelo Conselho Europeu, que acontecerá a dez de abril.

"O governo está pronto para cumprir a decisão da Câmara [dos Comuns]. Mas para que esse processo funcione, a oposição também precisaria de concordar com isso", sublinhou a primeira-ministra.

O principal objetivo do governo britânico é acelerar o processo, de forma a que a separação da União Europeia seja aprovada antes de 22 de maio, para que o Reino Unido não tenha que participar nas eleições europeias.