Sociedade

31 campas vandalizadas em cemitério do Lavradio

Responsáveis ainda não foram identificados

31 campas foram vandalizadas, na madrugada de terça-feira, no Cemitério Municipal do Lavradio, no Barreiro.

Segundo o Correio da Manhã, além das campas vandalizadas, foram ainda furtados vários objetos e profanadas algumas ossadas. A primeira comunicação à PSP foi feita pelas 03h00, mas só quando um funcionário chegou, de manhã, é que voltou a alertar a PSP devido à destruição encontrada.

"Nem imaginam o que chorei quando vi as campas dos meus pais partidas. Levaram molduras e as mantas que cobriam as campas estavam no chão. Um dos caixões quase aberto. Quem fez isto queria abrir as urnas para tirar as ossadas", diz Leonor Silva, citada pelo mesmo jornal.

"Isto é maldade. Parece que estou a reviver a morte dos meus pais e do meu irmão. É uma dor muito grande ver tudo espalhado pelo chão, até ossos dos corpos há pelo chão. No meu caso partiram-me as portas de alumínio, estão arrombadas e não fecham", acrescenta. Clarinda Serrano. 

Agora, as famílias afetadas apenas pedem para que os responsáveis sejam identificados e para que a autarquia reforce as medidas de segurança no cemitério, já que não é a primeira vez que algo semelhante acontece naquele local.