Internacional

Conselho Constitucional aceita renúncia do presidente da Argélia

Abdelaziz Bouteflika tem 82 anos


O Conselho Constitucional da Argélia aceitou ontem a renúncia do presidente Abdelaziz Bouteflika, que anunciou a sua decisão na passada terça-feira, depois de várias semanas de protestos nas ruas.

A Constituição argelina dita que a partir do momento em que a renúncia é aceite, o presidente do Conselho da Nação (a câmara alta do parlamento) assegura a presidência interina durante um período máximo de 90 dias. Esta função ficará a cargo de Abdelkader Bensalah, de 77 anos.

Também o ex-ministro do Interior Nouredin Bedaui, confirmado como chefe do Governo de transição, e o chefe do estado-maior do Exército, o general Ahmed Gaid Salah, irão assegurar este período de transição.

Recorde-se que, desde finais de fevereiro, a Argélia tem sido palco de vários protestos. Os manifestantes protestavam contra a candidatura a um quinto mandato de Bouteflika, que já tem 82 anos e sofreu um AVC em 2013.