Internacional

Netanyahu e Gantz clamam ambos vitória nas eleições israelitas

As sondagens à boca das urnas não indicam ainda um claro vencedor nas legislativas de Israel

As primeiras projeções das televisões israelitas oscilavam entre um empate técnico e uma vantagem reduzida para Benny Gantz sobre o atual primeiro-ministro. De acordo com a CNN, após as projeções, os dois candidatos clamaram vitória.

Três canais de televisão do país divulgaram resultados diferentes nas primeiras projeções feitas à boca das urnas, naquelas que estão a ser as eleições mais renhidas da última década no país. Um dos canais declarou um empate entre ambos, atribuindo 36 deputados a cada um. Já os outros dois davam uma ligeira vantagem para Gantz, com um deles a atribuir mais quatro deputados eleitos à lista Azul e Branco e outro a atribuir apenas mais um do que ao Likud.

É certo que ainda não se sabe quem é o vencedor destas eleições, mas os dois candidatos já fizeram discursos de vitória. Netanyahu, citado pelo Haarezt, afirmou que “esta é a noite de uma grande vitória”. Depois, usou a rede social Twitter para reforçar esta ideia. “O bloco de direita, liderado pelo Likud, obteve uma vitória clara. Agradeço aos cidadãos de Israel pela confiança demonstrada. Vou começar a formar, esta noite, um governo de direita com os nossos parceiros naturais”, pode ler-se.

Já a lista Azul e Branco, de Gantz, emitiu um comunicado onde festeja o suposto triunfo nas eleições. “Ganhámos! O povo israelita escolheu! Obrigado aos milhares de ativistas e a mais de um milhão de eleitores. Estas eleições têm um claro vencedor e um claro perdedor”, declarou, citado pelo The Guardian.  

De recordar que as urnas abriram ontem, terça-feira, às 7h da manhã (5h em Lisboa) para os eleitores escolherem os 120 deputados do Parlamento. Netanyahu, que está indiciado por práticas de corrupção, tenta, assim, ser reeleito pela quinta vez (a quarta consecutiva).