Desporto

Libertadores. Scolari apedrejado: "Não tenho medo de bandidos" (com vídeo)

O autocarro do Palmeiras, equipa orientada pelo antigo selecionador de Portugal, foi atingido com pedras... atiradas pelos próprios adeptos

Libertadores. Scolari apedrejado: "Não tenho medo de bandidos" (com vídeo)

É incrível, mas aconteceu. Antes do importante jogo com o Junior Barranquilla, a contar para a quarta jornada da fase de grupos da Taça Libertadores (o equivalente sul-americano à Liga dos Campeões), o autocarro do Palmeiras foi atacado com pedras e garrafas de água por adeptos... da própria equipa.

O ambiente no Verdão tem estado a ferro e fogo nas últimas semanas e agudizou-se ainda mais após a eliminação nas meias-finais do Paulistão, frente ao rival São Paulo. Ainda assim, Luiz Felipe Scolari, treinador do Palmeiras, preferiu desvalorizar a situação. "Viram-me com cara de assustado? Não tenho medo de bandidos, ninguém tem medo de bandidos. Temos é respeito pelo nosso clube e pelos nossos adeptos, para os quais trabalhamos. Os jogadores enfrentaram isto com naturalidade. Não vamos dar visibilidade a quem não merece. Paulistão? É um campeonato muito disputado, por grandes equipas, e quando chega o mata-mata alguém vai sair vitorioso. Perdemos nos penáltis e temos de aceitar, não adianta ficar a discutir", salientou o antigo selecionador de Portugal.

 

 

A verdade é que o Palmeiras acabou por vencer, e de forma folgada: 3-0, com o primeiro golo a ser apontado por Deyverson, antigo jogador de Benfica B e Belenenses. O Verdão segue agora na segunda posição do grupo F, com nove pontos (menos um que o líder San Lorenzo e mais cinco que o terceiro, o Melgar), e está perto de garantir o apuramento para os oitavos-de-final.

Em grande, e já qualificado, está o Libertad, do Paraguai. A equipa onde alinha Oscar Cardozo, outro antigo avançado do Benfica, venceu no terreno do Universidad Católica (2-3) e somou a quarta vitória noutros tantos jogos. Cardozo, que daqui a um mês festejará 36 anos, apontou o segundo tento da sua equipa, o seu terceiro na prova, e fez ainda a assistência para o golo da vitória.

Os comentários estão desactivados.