Sociedade

Rui Pinto vence prémio europeu dos denunciantes

Julian Assange e Yasmine Motarjemi também foram distinguidos no Parlamento Europeu

O pirata informático Rui Pinto é um dos três vencedores da edição deste ano do prémio "Jornalistas, Denunciantes e Defensores do Direito à Informação", prémio entregue pelos eurodeputados do Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia, no Parlamento Europeu.

O prémio também distinguiu o fundador da WikiLeaks, detido recentemente após sete anos a viver sob asilo político na embaixada do equador em Londres, e Yasmine Motarjemi, responsável por denunciar falhas na segurança alimentar e defender as denúncias em outras empresas ligadas ao setor.

A decisão foi comunicada no Parlamento Europeu pelo eurodeputado espanhol, e membro do júri do prémio, Miguel Urbán Crespo.

O prémio é dedicado a "indivíduos ou grupos que foram intimidados e/ou perseguidos por descobrir a verdade e denunciá-la ao público". Os vencedores receberão ainda cinco mil euros.