Sociedade

Moro responde a Sócrates: “Não debato com criminosos pela televisão"

"Em todo o lugar do mundo é difícil lidar com esses crimes de grande corrupção"

Depois de José Sócrates acusar Sérgio Moro de atuar como "um ativista político disfarçado de juiz", o ministro brasileiro já respondeu ao ex-governante português e afirmou que “não debate com criminosos”.

“Em relação à pessoa em particular [José Sócrates], eu não debato com criminosos pela televisão. Então, não vou fazer mais comentários””, disse o ministro da Justiça e Segurança Pública de Bolsonaro, numa entrevista à RecordTVEuropa

“Em todo o lugar do mundo é difícil lidar com esses crimes de grande corrupção, que envolvem pessoas poderosas. O sistema está preparado para [combater] outro tipo de criminalidade, mas todos os países precisam de avançar nessa área e enfrentar a grande corrupção”, defendeu o antigo juiz.

"O que observo, à distância, em relação a este caso do ex-ministro português, é um trabalho que tem sido feito com esforços consideráveis para a apuração de provas e processar [o acusado]", acrescentou ainda.