Desporto

Pai de Emiliano Sala morre três meses depois do acidente de avião do futebolista

Horacio Sala, de 58 anos, sofreu um ataque cardíaco.

Três meses depois da morte trágica do futebolista Emiliano Sala, que perdeu a vida após o avião onde seguia se ter despenhado no Canal da Mancha, Horacio Sala, pai do jogador, morreu, esta madrugada, na sequência de um ataque cardíaco. 

De acordo com a imprensa argentina o ex-camionista encontrava-se na sua casa, na zona de Progreso, na província de Santa Fé, na Argentina, quando começou a sentir uma dor forte no peito. Quando a equipa médica chegou ao local, Horacio Sala já se encontrava morto.

"Horacio nunca conseguiu superar a morte de Emiliano. Quando se encontrou o corpo pensava-se que se podia fechar esse capítulo, mas imagino que todas as notícias que foram saindo sobre o piloto e sobre a alegada recusa do Cardiff em pagar a verba da transferência tenham sido muito complicadas de digerir", contou Julio Muller, presidente do clube local San Martín de Progreso.

Emiliano Sala morreu no passado mês de janeiro na sequência da queda do avião que o transportava de Nantes para Cardiff, onde iria reforçar o conjunto galês que compete na Premier League.

O argentino, que havia assinado por três anos e meio, foi a maior transferência já feita pelo clube galês (17 milhões de euros).