Sociedade

PSD avança com processo de expulsão de Duarte Lima

O ex-líder parlamentar dos sociais-democratas entregou-se esta manha na prisão de Caxias, mas já foi transferido para a prisão da Carregueira.

O PSD vai avançar com um processo de expulsão de Duarte Lima, no âmbito dos estatutos para militantes condenados em casos de corrupção.

Fonte oficial do partido confirmou a informação à agência Lusa, no dia em que Duarte Lima, condenado de burla ao BPN no processo Homeland, se entregou às autoridades, apresentando-se na prisão de Caxias.

No entanto, o ex-deputado já foi transferido para a prisão da Carregueira, em Sintra, para cumprir a restante pena. Sublinhe-se que ainda se desconhece quanto tempo terá Duarte Lima de passar na prisão, visto que o Tribunal da Relação de Lisboa reduziu-lhe a pena de dez para seis anos.

A juíza do Tribunal Central Criminal de Lisboa despachou esta sexta-feira o processo de Duarte Lima no sentido do cumprimento do mandado de condução à cadeia do ex-deputado, que tinha feito saber da sua intenção de se apresentar voluntariamente.